DST – Doença Sexualmente Transmitida

Introdução

O anorreto vem sendo utilizado com uma freqüência cada vez maior nas relações sexuais, com um subseqüente crescimento na incidência e na variedade de doenças sexualmente transmitidas ( DST ).
Quanto maior o número de parceiros maior o risco de contrair uma DST, assim os homossexuais monogâmicos não correm um risco mais alto que os heterossexuais monogâmicos.
Mais de 10% das mulheres e seus consortes masculinos praticam esse ato com alguma regularidade. O coito receptivo anal representa um risco de AIDS para as mulheres maior do que o coito vaginal assim como o coito receptivo anal representa um risco muito alto para os homens.

Algumas das principais DST`s relacionadas: