Dor anal ou Dor no ânus

Pode ser sinal de diversas doenças como hemorroida, fissura anal, câncer de reto, câncer anal, entre outras. É importante observar se outros sintomas acompanham a dor anal, o que pode ajudar na identificação da causa da mesma, como sangue, coceira, caroço ou nódulo, inchaço anal, secreção ou pus, por exemplo. Se é contínua e pulsátil (latejante) ou esporádica e aguda. A intensidade da dor é importante fator no diagnóstico.

A dor anal pode ser provocada por doenças sexualmente transmissíveis, como a clamídia, gonorreia ou herpes, assim como infecções bacterianas, inflamações do intestino e abcessos ou câncer. Assim, é importante consultar o proctologista para o tratamento correto.

Dor anal com coceira

Hemorroidas. Graus mais avançados podem cursar com corrimento, provocando irritação e coceira na região do ânus.

O prurido anal. Também pode cursar com dor anal, quando surgem complicações, principalmente as infecções secundárias.

Dor anal ao evacuar com sangramento

Fissura anal. Provoca dor para evacuar, com presença de sangue vivo nas fezes ou perceptível na limpeza com papel higiênico. A fissura aguda provoca ardência no ânus durante a evacuação;

Hemorroidas. Pode causar dor anal no caso de haver trombose associada ou quando a pessoa faz muita força para evacuar, provocando o prolapso da hemorroida para fora. Graus mais avançados podem cursar com corrimento, provocando irritação e coceira na região do ânus.

Dor anal com caroço perianal

Hemorroida externa. Provoca dor no ânus ao evacuar e ao sentar. São visíveis e palpáveis

A trombose hemorroidária externa. Consiste na formação de um coágulo no interior de um vaso hemorroidário externo. Ela é percebida como um caroço duro doloroso ou sensível. Em um mesmo momento, podem surgir um ou mais coágulos. Ocorre sangramento se existir ruptura da pele local.

Abscesso anal ou fístula anal. Dor latejante ou contínua acompanhada de inflamação na região em torno do ânus e de sintomas gerais como febre, perda de apetite, fraqueza;

Dor anal ao limpar-se

Pode ser um forte indicador de trauma no ânus ou infecção por fungos e, por isso, deve-se evitar utilizar o papel higiênico de forma exagerada, dando preferência para a ducha higiênica.

Proctalgia Fugaz. Doença funcional benigna anorretal de causa desconhecida, cujo principal sintoma é uma dor anorretal que pode ser bastante intensa mas fugaz (rápida), sem relação com as evacuações, que dura geralmente alguns minutos. A dor pode surgir em qualquer momento do dia e, quando à noite, pode acordar o paciente durante a madrugada, caracterizando-se como câimbra, espasmo anal.

Dor anal durante a menstruação

Pode ser causada por uma doença chamada endometriose intestinal, sendo que neste caso é recomendado fazer uma consulta no ginecologista o mais rápido possível. Saiba mais sobre endometriose intestinal.

Câncer anorretal. Além de dor anorretal, provoca também sintomas como não conseguir evacuar ou ficar com a sensação da evacuação ter sido incompleta, sangue nas fezes, diarreia e prisão de ventre alternadas, cólica, emagrecimento sem causa aparente, entre outros.

Quando ir ao médico

É importante consultar um proctologista ou ir ao pronto-socorro quando a dor anal demorar mais de 24 horas para passar após utilizar pomadas anais ou remédios analgésicos comuns.

É importante o médico identificar a causa de dor no ânus recorrente ou que piora ao longo do tempo, uma vez que pode ser sinal de problemas graves.